Detinsect controle de pragas urbanas

Facebook Central de atendimento 51 3451-0387 | 51 9984-8486

Pulgas

Apodas, ou seja, com ausência de asas e pertencente à ordem Siphonaptera, a pulga é um inseto, na fase adulta, hematófago, (alimenta-se de sangue), alimentando-se do sangue de mamíferos e pássaros. As larvas alimentam-se de detritos e depois formam um casulo, geralmente composto por resíduos, como poeira, onde podem ficar durante anos antes de eclodirem e tornarem-se indivíduos adultos. Simples vibrações, mesmo depois de anos de repouso, estimula a saída dos adultos, que são atraídos pelo calor. As pulgas, insetos muitos resistentes, podem viver muitas semanas antes de se alimentarem pela primeira. As pulgas são importantes transportadores de parasitas e organismos infecciosos como por exemplo tifo murino, febre por mordedura, leptospirose, peste bubônica (doença transmitida por pulgas que picaram ratos infectados com Yersinia pestis), etc. Estes insetos podem saltar por distâncias até 30 vezes maiores que o tamanho de seu corpo.

Transmissão:

Dentre os insetos nocivos ao homem, destacam-se as pulgas, Algumas espécies apresentam especificidade de espécie-hospedeiro, outras, embora apresentando hospedeiros preferenciais, podem sugar outros animais, incluindo o homem, daí sua importância na transmissão de doenças. A espécie de maior importância, responsável pela contaminação de humanos é a Xenopsylla cheopis, que é a pulga dos ratos domésticos, sendo a principal transmissora da peste bubônica e do tifo murino ao homem. Foi introduzida em todos os países do mundo com o rato preto (Rattus rattus) e ratazana (Rattus norvegicus) em navios mercantes, particularmente na segunda metade do século XIX.

Doenças:

Peste bubônica ou Pneumonica: popularmente conhecida por peste negra a Peste bubônica ou Pneumonica é causada pela bactéria Pasteurella pestis. O roedor neste caso serve somente como hospedeiro sendo o agente mecânico a pulga ao alimentar-se do sangue do animal contaminado (ao picar o animal) "suga" a bactéria para seu trato digestivo e ao picar o homem o infecta com a mesma. Esta enfermidade também pode ser transmitida de pessoa para pessoa. A doença é caracterizada por febre, calafrios, vômito, diarréia e a ocorrência de nódulos linfáticos inchados. Ocorrem ainda hemorragias internas que formam hematomas sob a pele do paciente, deixando-a enegrecida.

Tifo murino: o tifo murino ou tifo endêmico é uma doença infecciosa provocada pela Rickettsia typhi (por vezes chamada R. mooseri), O tifo murino está associado à presença de ratos (Rattus rattus e Rattus norvegicus) e às pulgas dos ratos (Xenopsylla cheopis); é detectado em todo o mundo, principalmente nas zonas portuárias. Os principais sintomas caracterizam-se por: por febre alta e constante, mal estar e debilidade (fraqueza do corpo)

Prevenção:

Retirar o acúmulo de poeira e detritos em frestas de assoalho, carpetes, tapetes;

Manter o assoalho e as junções do rodapé‚ calafetados e encerados, pois a cera tem efeito desalojante;

Adotar medidas de prevenção e controle de roedores, para evitar instalação por pulgas provenientes dos mesmos;

Cuidar da higiene dos cães, gatos e outros animais domésticos, mantendo sempre limpos seus locais de repouso.

© 2013 Detinsect Controle de Pragas Urbanas, LTDA.
R. Osvaldo Aranha, 217 – Três Portos- Sapucaia do Sul-RS

Desenvolvido por Tridigital